Portugal conquista 5 medalhas de excelência no WorldSkills 2017

No passado mês de outubro fechou-se mais um ciclo do Campeonato das Profissões. Este evento tem lugar de dois em dois anos e é o maior evento em educação e formação profissional do mundo que reflete realmente a indústria global.

Para a equipa de participantes portugueses, este percurso teve início em 2015 e envolveu mais de 150 entidades formadoras e 1.500 jovens estudantes, que estiveram presentes em diversas etapas de preparação para o Campeonato Nacional de Profissões em Coimbra 2016. Esta forte preparação levou a que 17 jovens estudantes altamente qualificados representassem Portugal no WorldSkills, realizado este ano em Abu Dhabi.

Os competidores portugueses conquistaram várias medalhas de excelência, corroborando o elevado nível de desempenho demonstrado no decorrer deste percurso:

    • Admário Ferreira, na profissão de Tecnologia Automóvel, pelo CEPRA, que para além da excelência, conquistou o título de “Best of the Nation”, por ter sido o melhor concorrente português classificado. Para além da medalha de ouro obtida no Campeonato Nacional das Profissões em Coimbra 2016, subiu ao pódio no Campeonato Europeu – EuroSkills, em Gotemburgo 2016 para receber a medalha de prata;
    • Fábio OliveiraPedro Sardinha, na profissão de Mecatrónica, pelo CENFIM, obtiveram a medalha ouro no Campeonato Nacional e conquistaram a medalha de excelência EuroSkills em Gotemburgo 2016;
    • José Pereira, na profissão de Controlo Industrial, pelo CENFIM, ganhou igualmente a medalha de ouro no Campeonato Nacional e obteve a medalha de prata, bem como o título de “Best of the Nation” no EuroSkills 2016;
    • Renato Carvalho, na profissão de CAD, pelo CENFIM, conquistou uma medalha de ouro no Campeonato Nacional e uma medalha de bronze no EuroSkills 2016.

Foram ainda atribuídos certificados de mérito a outros participantes, nomeadamente ao Alexandre Ferreira, da área de Cozinha, da Escola Hotelaria e Turismo do Douro; ao António Moreira, da área de Cantaria, da empresa Gárgula Gótica, uma das patrocinadoras deste evento e ao Manuel Gonçalves, da área de Marcenaria, do Centro de Emprego e Formação Profissional de Braga.

Estas competições são dirigidas a jovens com idades compreendidas entre os 17 e os 25 anos, em modalidades de educação e formação profissional, e visam demonstrar as competências individuais dos competidores, nomeadamente o rigor, o domínio de técnicas e de ferramentas adequadas ao exercício de cada profissão a concurso, através da realização de provas práticas de desempenho.

Os vencedores do campeonato nacional candidatam-se a participar nos Campeonatos Europeu e Mundial das Profissões, organizados, respetivamente, pela WorldSkills Europe e pela WorldSkills International.

Um dos principais objectivos deste evento consiste em divulgar a importância da educação e formação profissional, como uma das ferramentas necessárias para a transformação socioeconómica.

A competição providencia ainda uma oportunidade para partilhar informações, e para demonstrar as melhores práticas em matéria de educação e formação profissional. Novas ideias e novos processos inspiram os jovens em idade escolar a dedicarem-se a carreiras técnicas e tecnológicas.

O evento destacou a importância das parcerias, tanto na organização da preparação do evento como em tornar as competências de EFP numa vertente central da economia e da sociedade portuguesa. Uma dessas parcerias foi formada entre o WorldSkills Portugal e o CENJOR, cujos representantes filmaram e realizaram entrevistas durante o evento. Recentemente, parte desse trabalho já se encontra disponível nos canais de media social da WorldSkills Portugal.

Como resultado de um percurso de sucesso na competição WorldSkills, o Presidente do IEFP, e o Vice-Presidente e Delegado Oficial da WorldSkills Portugal, advertiram para a necessidade de investir em eventos com esta dimensão, como forma de alcançar o patamar de excelência que se pretende com a formação profissional desenvolvida nos centros do IEFP.

Outras fontes: