Abandono precoce no EFP

Melhorar os níveis de educação da população Europeia é um objetivo central da estratégia Europa 2020 que visa a promoção de um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo, e consequentemente reduzir para menos de 10% a taxa de abandono precoce no EFP. Para o alcançar, os Estados-Membros foram convidados a definir as suas próprias metas de modo a refletir as suas especificidades e a elaborar as medidas necessárias e pertinentes para alcançar a meta global da UE. No âmbito dos inquéritos de crescimento anual da Comissão Europeia e de acompanhamento dos programas nacionais de reforma, vários Estados-Membros receberam recomendações específicas para resolver este assunto.

Os artigos aqui disponibilizados foram preparados pelos parceiros nacionais ReferNet em 2013. Eles visam contribuir para a compreensão do abandono no EFP, e em particular as razões pelas quais os jovens abandonam o EFP; as medidas incluídas nos programas de EFP para impedir o ‘abandono precoce’; as medidas para incentivar o reingresso de jovens que abandonara o EFP/ educação e formação.*

  • Abandono precoce no EFP – Portugal (apenas em Inglês)     descarregar
  • Análises nacionais sobre o abandono precoce no EFP, por país (apenas em Inglês)     aceda aqui

Esta temática alimenta atividades do Cedefop relacionadas com o abandono precoce da educação e formação.
Para encontrar outras publicações (apenas em Inglês)     aceda aqui

Fonte: informação parcial da circular 2013_9 da ReferNet.